Sunday, September 11, 2005

VIAGENS XX - MARÉ NOSTRUM

VIAGENS XX - MARÉ NOSTRUM
Ou a traição da palavra



na carne o cume é o sol da palavra o território
é o teu corpo vivo em construção, o rosto rente
ao Caramulhinho em Viseu, por aqui a inútil
paisagem das canetas, dos livros e da mesa plana
para o amor sobre a madeira doce.

os pássaros coloridos de Óbidos cantam em limum
nos pomares do erótico junto à casa azul na árvore
perto do cabeço da neve numa fonte de deleite para os
Túrdulos “sunshine on your love”(1) na voz de Elsa
Fuiltzgerald que invade as curvas a seguir a Linhares
num tempo fértil para as estátuas de granito o meu
solo de violino num universo esmorecido desenho
fora do desenho num minimalismo repetitivo de um
octeto entre linhas na acidez da aparência visível
nas tuas pernas de serpente esmeralda no vento
a uivar a linguagem e outra humildade de recursos
uma romã a ferver nos cantos dos rituais dos monges
shinto e das suas batidas de flautas shakuhachi.

esqueço que os dias têm horas, beijo-te boca em boca,
no terreno fértil para as” memórias de pedra – tempo
caído”(2)na cápsula do vento no outro lado Alpedrinha
desde o chão até às ameias dos castelos casas frágeis em
cima de rochas num processo de discurso poético perto
da raia .uma obra desejada nos prazeres da balada da vida.

voo nas escarpas da serra, perto da antiga Egitânea junto
ao Tejo em Vila Velha de Ródão com as cerejeiras em flor
até á Guarda e escrevo-te na Rua do Amparo para a cantaria
do teu olhar na linguagem outra que a tudo obedece
pela unidade da textura. até à erosão das imagens
na praia da Aldeia Ruiva,um horizonte de escassez palavras
escritas no relógio solar do teu peito, três rosas depois
da chegada tudo é único num ritmo de saída para a
essência da lâmina no “ceptro de aerzis”(3) - ailura a rainha
da terras dos negros de luz na corporalidade de um “mar de
leite”(4) para as atmosferas de Ligeti onde viajamos pegadas
raras à mostra na arriba perto dos mamilos e da língua sem
respiração e ar no lentissimo amor. Vamos.

José Gil



(1) dos Cream
(2) Paulo Ribeiro
(3) Inês Botelho(4) José Saramago

0 Comments:

Post a Comment

<< Home